Alianças de casamento

Alianças de casamento: O que simboliza para diferentes povos

alianças de casamento, não é pequeno o número de pessoas que usam sem saber o real significado dessa joia.

Existe muita história, muita tradição e varias teorias por trás de um anel de casamento que a maioria dos apaixonados não conhece. Hoje, vamos contar um pouco desse simbolismo para você.

Há várias vertentes para a história das alianças de casamento e seu significado muda conforme a cultura de cada povo.

De acordo com registros, os Egípcios foram os primeiros a utilizarem um anel de casamento como símbolo de união e devoção à pessoa amada. É sobre eles que falaremos a seguir.

Veja também:

A origem das joias

Os Egípcios

Registros sugerem que o povo do Egito foi o primeiro a utilizar anéis como símbolo de união. Isso supostamente aconteceu há mais de 5 mil anos atrás.

O formato circular do anel remetia ao infinito e, por isso, os Egípcios utilizavam-no para simbolizar um laço de amor eterno entre o casal. Esse povo também acreditava que no 4º dedo da mão esquerda passava uma veia que se conectava diretamente ao coração e, por isso, surgiu a tradição de utilizar alianças nesse dedo.

Os Romanos

Conta-se que os Romanos adotaram o uso da aliança quando conquistaram a Grécia.

Eles também acreditavam que a mesma deveria ser usada no 4º dedo da mão esquerda, assim como os Egípcios, e além de ostentarem o objeto como símbolo de amor e união, também relacionavam os anéis ao sentido de posse, acreditando que ao presentar suas mulheres com essa joia, teriam posse sobre as mesmas.

Os Gregos

A história das alianças de casamento também passa pela Grécia. Por lá, o uso do anel de casamento foi supostamente introduzido por Alexandre o Grande.

Os anéis também eram utilizados no 4º dedo da mão esquerda e feitos em ferro imantado como uma maneira de manter os casais sempre conectados e atraídos.

Os Asiáticos e Árabes

Anel puzzle

As alianças “puzzle”, que podem ser separadas em algumas partes com o mesmo formato, eram muito utilizadas pelos homens poderosos da Ásia e do Oriente Médio.

Conta-se que esses homens presenteavam suas esposas com esse tipo de aliança para testar sua lealdade. Quando eles iam viajar, obrigavam suas mulheres a colocarem o anel.

Caso elas retirassem o mesmo quando eles estavam fora, o mesmo se desmontaria e só poderia ser montado novamente por um especialista. Assim, os maridos saberiam de sua infidelidade.

Os Europeus

Há muitos séculos, na Europa, antes desse famoso objeto ser conhecido como anel de casamento, era chamado de “anel de poesia”.

As alianças eram dadas como presente para pessoas queridas como significado de amor e promessa de fidelidade.

Hoje, ao invés dos anéis de poesia, são oferecidas as alianças de casamento como significado de união eterna.

Os Americanos

Nem sempre os Americanos puderem utilizar alianças de casamento.

Na época colonial, muitas joias e acessórios tinham seu uso proibido na América pois eram vistos como imorais. O que fazia sucesso, na época, era o dedal, objeto que simbolizava o amor e a união eterna.

Depois do casamento, as mulheres removiam a parte inferior do dedal e passavam a usar o que “sobrava” dele como um anel de casamento. Com o passar do tempo as joias começaram a ser aceitas nas Américas.

O significado de uma aliança de casamento

Podemos afirmar que as alianças de casamento simbolizam o compromisso e a responsabilidade de um casal depois da cerimônia de casamento.

Saiba que essa é uma forma de dar um grande passo em sua vida, lembre-se a partir do momento em que esse anel estiver em seu dedo, as coisas não serão mais as mesmas, pois estará assumindo uma grande responsabilidade.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre esse simbolo de união? Então compartilhe esse artigo!

Compartilhe!